Milhares de pessoas no Greenfest que se realizou no Estoril

A festa da sustentabilidade ambiental celebrou-se durante quatro dias no Centro de Congressos do Estoril, com a 11ª edição do GreenFest.


O certame juntou cerca de 20.000 visitantes, incluindo 3.000 alunos e professores dos ciclos preparatórios e secundário, que tiveram oportunidade de visitar casas inteligentes, comprar sapatos vegan, simular a prática de surf ou perceber como poderemos reutilizar os desperdícios alimentares, entre outros temas de cariz social.


A educação é uma vertente que o mentor e organizador do GreenFest, Pedro Norton de Matos considera “fundamental para inverter a mentalidade da sociedade perante a sustentabilidade ambiental e social”, pelo que optou por iniciar o evento em horário escolar, facto que possibilitou a que várias escolas tenham tido oportunidade de visitar esta iniciativa.


Entre óleos que são transformados em detergentes de roupa ou loiça por parte da EcoXperience, sapatos vegan com utilização de plástico apanhado nas praias, caso da Zouri Shoes ou casas inteligentes que indicam quando um alimento se vai estragar, que permite a impressão de alimentos saudáveis através de uma impressora 3D aproveitando cascas de batata ou talos de couve utilizando nanotecnologia, desta feita por parte do Laboratório Internacional de Nanotecnologia, o GreenFest foi um encontro de várias gerações em prol de um bem comum, do futuro da sociedade. A inovação e e empreendedorismo social estiveram também em destaque.

Subscreva a newsletter oturismo.pt
captcha 

Publicidade

Actualidade