Descubra Portugal

Descubra PortugalPôr os portugueses a descobrir Portugal é o novo lema do Turismo de Portugal numa resposta à crise dinamizando a procura interna, uma campanha que junta entidades públicas e privadas que apresentam o que há para ver, apreciar, saborear, agir em todos os concelhos do país no novo portal que o secretário de Estado Bernardo Trindade quer que seja visto por um milhão de portugueses, descobrindo na internet o que há em Portugal para ir e depois ir mesmo, dinamizando os sectores hoteleiro, restauracionista, do artesanato, património, do desporto. etc..
Depois da ofensiva externa o Turismo Portugal quer pôr os portugueses a viajar cá dentro e descobrir o seu país, cantos e recantos, espaços verdes e parais que poderá não conhecer, mas para que tudo possa correr pelo melhor, ou até para lhe abrir o apetite a passeios, o Turismo de Portugal apresentou um portal onde poderá obter a mais diversas informações como onde ficar, que transportes pode alugar, horários de monumentos e museus, gastronomia.
Descubra Portugal e fique a saber que há 151 cidades para visitar, 1067 palcos onde acontece espectáculo, 701.681 hectares de áreas protegidas, 495 praias, 2031 hotéis, 1025 casas de turismo rural, 21 ilhas, além dos arquipélagos autónomos descubra a Culatra, as Berlengas ou a Ermal, 40 serras e 26 picos, 1452 aldeias, algumas históricas, 1394 locais de culto, com destaque para as igrejas católicas, algumas únicas no mundo como a do Mosteiro dos Jerónimos ou a de Alcobaça.

Para visitar tudo isto poderá ainda apreciar um dos muitos vinhos produzidos em 29 regiões vinícolas. Descubra assim “um Portugal maior” e aproveita para fazer desporto, por exemplo numa das 123 escolas de surf.

O portal divide-se me treze temas: cultura, património, natureza, acção e aventura, saúde e bem-estar, cidades, praias, golfe, noite, gastronomia, vinhos, alojamento e restaurantes. Por cada região que escolha pode antecipadamente saber o que tem para lhe oferecer e parta à descoberta!

Por exemplo se no portal escolher uma ida a S. Pedro do Sul (região centro) fica a saber que em termos de património poderá visitar a aldeia da Pena, o castro de Carcoda, o de Nossa Senhora da Guia, o do Banho, entre outros espaços como os conventos de S. Cristóvão de Lafões ou o dos Franciscanos, ou ainda o Palácio de Reriz. E neste concelho tem ainda a possibilidade das termas ou provar o tinto de Lafões.

As possibilidades são infindas, por exemplo Vila Velha de Ródão pode reservar-lhe surpresas quanto à arqueologia além do túmulo de Santo Amaro, poderá visitar o castelo de Ródão e a Senhora do Castelo, a Foz de Enxarrique ou as estações arqueológicas de Alagadouro e S. Simão. Num concelho eminentemente rural pode apreciar a natureza, logo espaço de acção e aventura como o Adaltejo. Optemos por outra região, Trás-os-Montes. Visitemos Alijó onde pode vistar duas das mais bonitas aldeias portuguesas Favaios e Pinhão e pernoitar no Vintage House Hotel.

Francisco Calheiros, presidente da Turihab - Associação de Turismo de Habitação e vice presidente da Confederação de Turismo de Portugal, referiu na apresentação do portal, a parceria público-privada para dinamizar o turismo interno. Francisco Calheiros acrescentou ainda que mais importante que as acções de promoção directa “é o papel da comunicação” na divulgação desta mensagem que já é antiga: “vá para fora cá dentro”.

O secretário de Estado do Turismo, Bernardo Trindade, afirmou por seu turno, que os órgãos de comunicação social “são parceiros essenciais” nesta campanha”. O governante não escondeu que esta campanha é também uma resposta à crise que se vive, mas também porque “temos um país que deve e merece ser visitado”. Um milhão de visitas ao portal apresentado, é a meta apontada por Bernardo Trindade que enfatizou o “trabalho em conjunto” dos sectores público e privado.

Mídia

NULL
Subscreva a newsletter oturismo.pt
captcha 

Publicidade

Actualidade