Gala Portugal Surf Awards consagra campeões nacionais

O surf nacional viveu mais uma noite de consagração no passado sábado, com a realização do jantar de encerramento da Liga MEO Surf 2018 e simultaneamente, a entrega dos Portugal Surf Awards.



A cerimónia teve lugar no Casino Estoril juntando todos os vencedores da temporada de 2018.

Foram atribuídos mais de uma dezena de prémios, com especial destaque para os títulos nacionais de Miguel Blanco e Camilla Kemp, além da distinção a outras elementos que mais se evidenciaram em 2018.

A festa aconteceu horas depois de Miguel Blanco se ter sagrado campeão nacional pela primeira vez, em plena praia do Guincho, fechando, assim, com chave de ouro a presente temporada competitiva nacional.

O grande vencedor da noite acabou mesmo por ser Miguel Blanco, que além do título nacional recebeu ainda a lycra que irá vestir no MEO Rip Curl Pro Portugal, para enfrentar os melhores surfistas do Mundo, uma vez que o título nacional lhe garantiu um wildcard para a etapa que se disputa já este mês em Peniche.


Outro dos momentos altos da noite foi a subida ao palco de Camilla Kemp, que, à semelhança de Miguel Blanco, este ano conseguiu alcançar o primeiro título nacional da carreira. Camilla protagonizou um dos discursos mais emocionantes da noite.

Quem também brilhou no palco foi João Kopke, que recebeu o prémio “Most Improved Surfer”, votado pelos meios de comunicação social parceiros da Liga MEO Surf. O discurso de vitória de Kopke teve, inclusivamente, direito a actuação lírica.


Já o prémio “Surfers’ Surfer”, que é escolhido pelos próprios surfistas, foi vencido pela algarvia Yolanda Hopkins, que terminou o ano como vice-campeã nacional, e também pelo espanhol Gony Zubizarreta, o campeão da Liga MEO 2018.
Outro dos galardões mais aguardados da noite foi o de evento do ano, que pelo segundo ano consecutivo foi entregue ao Allianz Figueira Pro, por escolha dos surfistas.

Nos mais jovens há a destacar o triunfo de Afonso Antunes como Grom do ano.

Os melhores juniores da Liga, e igualmente vencedores do prémio Sumatra Surf Trip, foram Mafalda Lopes e Dylan Groen. Os surfistas top 3 feminino e júnior masculino receberam ainda o Red Bull Award, que vai proporcionar a todos uma experiência relacionada com ondas grandes, na base da marca na Nazaré.


Por fim, a nível de prémios especiais, o Turismo de Portugal foi condecorado como Personalidade do Ano, depois da campanha que levou a onda da Nazaré até à famosa Times Square, em Nova Ioque.
Já o prémio Carreira foi vencido pela Rip Curl Portugal, a propósito do 10.º aniversário da realização do Rip Curl Pro Portugal em Peniche.


A lista completa de prémios entregues nos Portugal Surf Awards é a seguinte:

Liga MEO Surf 2018

– Campeões nacionais: Miguel Blanco e Camilla Kemp;

- Vencedor da Liga: Gony Zunizarreta;

– Maior evolução do ano: João Kopke;

– Melhor onda: Teresa Bonvalot e Pedro Henrique;

– Juniores do ano: Mafalda Lopes e Dylan Groen;

– Moche Grom do ano: Afonso Antunes;

– Surfers’ Surfer: Yolanda Hopkins e Gony Zubizarreta;

– Melhor Evento: Allianz Figueira Pro;

- Prémio Ambiental: Clube Recreativo e Cultural da Quinta dos Lombos

Outras Distinções

– Personalidade do Ano 2018: Turismo de Portugal;

– Prémio Carreira 2018: Rip Curl Portugal;

– MEO Wildcard: Miguel Blanco

A Associação Nacional de Surfistas endereça os parabéns a todos os premiados, desejando grande sucessos a todos e que os seus objetivos se concretizem tão cedo quanto possível. Até 2019!

Os Portugal Surf Awards são uma organização da Associação Nacional de Surfistas e da FIRE! em parceria com o MEO.

Subscreva a newsletter oturismo.pt
captcha 

Publicidade

Actualidade