CEO da TAP disse no Parlamento que a Companhia "não faz nenhum tipo de discriminação", referindo-se à Madeira

CEO da TAP disse no Parlamento que a Companhia "não faz nenhum tipo de discriminação", referindo-se à Madeira

CEO da TAP disse no Parlamento que a Companhia "não faz nenhum tipo de discriminação", referindo-se à Madeira Jornal Hardmusica

Antonoaldo Neves, recusou hoje que a companhia aérea discrimine a Madeira, como afirmou o deputado social-democrata Paulo Neves, em comissão parlamentar.

Em resposta ao deputado que voltou a dirigir críticas à transportadora aérea, nomeadamente por interrupções na operação e tarifas, o CEO repetiu, por várias vezes, que a "TAP não faz nenhum tipo de discriminação".

Aos deputados, Antonoaldo Neves garantiu que as acusações podem ser contrariadas com factos, como o acréscimo de 11,7% no transporte de passageiros para a região autónoma até Agosto, numa comparação homóloga, para mais de 615 mil passageiros.

O CEO sublinhou que as tarifas em rotas do Funchal "estão em linha com as da concorrência" e que até Agosto o principal motivo para cancelamentos (65%) foram os ventos.

"A incidência de cancelamentos por motivos não meteorológicos é semelhante na Madeira e nos restantes aeroportos nacionais", um registo de 2,5%, segundo os dados hoje apresentados.

Texto: Lusa

Nenhuma evento encontrado.
captcha