As comissões cobradas pelos bancos nas máquinas da Euronet são legais

O presidente da Associação Portuguesa de Bancos, Faria de Oliveira, disse hoje que a cobrança de comissões pelos bancos em levantamentos feitos por determinados cartões de débito e crédito nos ATM da Euronet "cumpre a legislação".

 

"Nós temos uma legislação nacional que é cumprida. Como nós sabemos, com a utilização dos ATM da rede Multibanco não se paga nada porque se trata da utilização de cartões de débito, [mas] nas redes Euronet existem utilizações de crédito, de débito e mistos", afirmou Faria de Oliveira.

O dirigente explicou que "em todas as operações de cartões de crédito há comissões e, portanto, quando se opta pela utilização de uma rede Euronet e se utiliza um cartão de crédito ou misto, em que o cliente não tem possibilidade de explicitar como quer a sua utilização, [...] há uma comissão a pagar".

"Ainda por cima, em muitas circunstâncias, esses bancos nem são bancos nacionais", notou.

Na quarta-feira, a Euronet esclareceu que as comissões aplicadas a determinados cartões de débito e crédito de dupla funcionalidade pelas transacções nos seus ATM são cobradas pelos bancos.

Subscreva a newsletter oturismo.pt
captcha 

Publicidade

Actualidade