AirHelp indica os piores e melhores destinos para viajar de avião

AirHelp indica os piores e melhores destinos para viajar de avião

AirHelp indica os piores e melhores destinos para viajar de avião D.R.

Estudo foi feito pela AirHelp com base em dados do ano passado revela os melhores, e os piores, destinos para viajar de avião.

Segundo a AirHelp analisou o período entre 01 de Julho e 10 de Setembro de 2017, com o intuito de se compreender quais são os melhores destinos para viajar em termos de pontualidade nos aeroportos, bem como a possibilidade de acontecerem imprevistos, "para que quem vai de férias este verão saiba com o que pode contar".

A empresa que pretende ajudar o passageiro "a conseguir indemnização por atrasos, cancelamentos ou sobrelotações de voos", como se assume no seu site, analisou os 10 destinos internacionais mais escolhidos por quem sai de Portugal.

Esta lista é liderada por Madrid, seguida por Paris a Londres.

"Pela positiva, destacam-se Amesterdão (Schiphol) e Frankfurt, com uma taxa de pontualidade de cerca de 79% e 77%, respectivamente", explica a AirHelp.

No entanto, "Londres (Gatwick) apresenta a pior performance: cerca de 40% dos voos chegaram ao destino com atraso. Pela negativa, realce também para Bruxelas e Paris (Charles de Gaulle), com 38% e 35% dos voos a chegarem com atraso", referiu.

Neste análise, entre os principais aeroportos portugueses o destaque positivo vai para Faro e Porto, que apresentaram uma pontualidade nas partidas de 83% e 74%, respectivamente. Por sua vez o aeroporto de Lisboa apresenta a "pior média": 39% das partidas chegam ao destino com atraso.

O AirHelp Score comparou as principais companhias aéreas e aeroportos numa classificação global do primeiro semestre deste ano e ajuda-o a "encontrar a melhor rota para a sua viagem, porque as viagens aéreas não se limitam ao preço do bilhete", explicou a empresa.

As três melhores companhias aéreas, com operação em Portugal, são "a TAP com 6,40; seguindo-se a Ryanair com 6,03 e por fim a easyJet com 5,66".

captcha