Extreme Sailing Series: britânicos brilham no primeiro dia

A equipa britânica  esteve no seu melhor na batalha de meio de época, em Cascais, neste primeiro dia das Extreme Sailing Series

 

Ao terminar com umas impressionantes cinco presenças no pódio nas oito corridas do dia, os britânicos mostraram que não vieram para brincar no Act 4 das Extreme Sailing Series, que decorre em Cascais.

Bom vento e mar chão criaram as condições perfeitas para os barcos levantarem vôo e para a equipa da INEOS Rebels UK navegarem a grande velocidade, terminando o dia no terceiro lugar.

No entanto, foi sem surpresa que os suíços terminam o primeiro dia no primeiro lugar.

Arnaud Psarofaghis comandou a sua equipa do Alinghi à vitória, após voarem até ao primeiro lugar em quatro corridas e só com uma presença fora do pódio nas restantes.

Com condições tão inconstantes como desafiantes, com grandes rajadas a empurrarem os barcos pela baía de Cascais, este dia foi um baptismo de fogo para o Team Portugal.

A estreante equipa composta maioritariamente por jovens velejadores das áreas de Lisboa e Algarve nunca tinham competido nos GC32. Tendo como mentor o profissional Luís Brito e reforçada por Adam Piggott, com experiência nas Series, a equipa encarou a difícil prova com determinação, terminando com 51 pontos.

Subscreva a newsletter oturismo.pt
captcha 

Publicidade

Actualidade