Olharapos e espectáculo multimédia no Parque das Nações comemoram os 20 anos da Expo' 98

De 25 de Maio a 02 de Junho a Associação de Turismo de Lisboa (ATL) assinala o 20º aniversário da Expo’98 com um espectáculo multimédia que terá lugar na pala do Pavilhão de Portugal.

 


Lembrando 1998 o espectáculo,  que decorrerá entre as 21:30 e as 22:30, na pala do Pavilhão de Portugal, terá também como elemento principal a água.

Fontes e um um ecrã de água, com 30 metros de comprimento e 10 de altura será o ecran onde serão projectadas imagens que recordarão os momentos mais importantes da Expo’98.

As imagens pertencem ao espólio da RTP e foram seleccionadas pelo jornalista Mário Augusto, com a banda sonora que contem frases de Pangea, o tema musical da autoria de Nuno Rebelo.


Trata-se de um espectáculo, com voz de Eduardo Rêgo, que recorda a reconstrução da zona oriental de Lisboa que deu origem ao espaço da Expo’98. Chega-se aos dias de hoje e à forma como Lisboa passou a ser encarada, perante a obra espantosa aí conseguida.

Esta reconstrução e esta reabilitação deu mesmo origem a um estudo internacional.


Ali se ergueu o maior oceanário do mundo, uma moderna gare de transportes, uma nova travessia sobre o Tejo que constitui uma das maiores obras de engenharia do País. Durante quatro meses, bandeiras e 146 nações foram o símbolo de uma universalidade testemunhada por mais de 11 milhões de visitantes.


Serão também lembrados os olharapos, umas criaturas meio humanas, meio animais, uma criação dos ingleses Kevin Plumb e Campbell Ruchan, que circularão entre as pessoas.

Este espectáculo é uma iniciativa da ATL em parceria com a Câmara Municipal de Lisboa e EGEAC, de modo a assinalar uma data que trouxe uma mudança importante à cidade de Lisboa e a todo o país.

Subscreva a newsletter oturismo.pt
captcha 

Publicidade

Actualidade