Vilamoura Atlantic Tour tem um impacto de 21 milhões de euros na economia regional

Vilamoura Atlantic Tour tem um impacto de 21 milhões de euros na economia regional

Vilamoura Atlantic Tour tem um impacto de 21 milhões de euros na economia regional Sul Informação

O Centro Equestre de Vilamoura recebe, anualmente, o Vilamoura Atlantic Tour, prova que decorre na época baixa e que leva até ao Algarve cerca de três mil pessoas, com um impacto de 21 milhões de euros na economia regional.

Isto faz com que segundo António Moura, responsável pelo Vilamoura Atlantic Tour, considere que este é “um evento fundamental para a região, considerando a altura do ano em que se realiza, mas que se estende para os restantes meses”.

Em declarações ao Publituris, o responsável destaca que o “Vilamoura Atlantic Tour, além de ser já uma referência no panorama competitivo equestre europeu e mundial, assume também uma elevada importância na economia local numa altura de época baixa, entre Fevereiro e Março. São 3.000 pessoas que estão em permanência durante as seis semanas de competição (1.000 na semana de pausa) com uma despesa média por pessoa/dia de 150 euros”.

A edição deste ano, que terminou a 1 de Abril, envolveu a participação de 60 pessoas na organização e contou com 1.250 cavalos, entre os quais 300 portugueses, em 24 provas, num prize money que chegou aos 870 mil euros, números que fizeram desta a maior edição da competição.

O Vilamoura Atlantic Tour foi crescendo e esta é a maior edição alguma vez feita, com seis semanas de duração e a presença de 1.250 cavalos, 300 dos quais portugueses”, refere o responsável, explicando que a competição se realiza “todos os anos nos meses de Fevereiro e Março, e que serve de preparação para a época de inverno aos cavaleiros europeus”, tendo, este ano, contado para o Campeonato da Europa e para o Campeonato do Mundo.

António Moura destacou também a importância do evento para a região em termos mediáticos, uma vez que “as provas são transmitidas em directo para todo o mundo e são milhares as pessoas que têm contacto com o evento e com a região do Algarve”.

Durante as sete semanas são publicadas notícias em vários países com os resultados dos 'seus' cavaleiros. De uma forma global este é um evento que promove Portugal e a região em todos os continentes e faz com que muitas pessoas escolham o nosso país para depois virem passar férias ou até mesmo passar grandes temporadas para treinarem os seus cavalos”, salientou o responsável.

O Vilamoura Atlantic Tour tem já continuidade assegurada no próximo ano, decorrendo entre 12 de Fevereiro e 31 de Março de 2019, com António Moura a mostrar-se confiante num maior apoio por parte do Turismo de Portugal, que tem “contribuído financeiramente de uma forma muito diminuta”.

António Moura concluiu afirmando que “o apoio efectivo do Turismo de Portugal será muito importante para o crescimento do evento por mais semanas, podendo iniciar-se em Janeiro e dessa forma cobrir todos os meses de Janeiro, Fevereiro e Março, o que iria beneficiar a Hotelaria/Restauração e economia local. Acredito que a partir de agora o Turismo de Portugal vai olhar para nós de outra forma, e assim tornar-se um dos nossos grandes parceiros, porque o Algarve merece”.

Nenhuma evento encontrado.
captcha