Rota das Vinhas do Pó atrai operadores turísticos na BTL 2018

Rota das Vinhas do Pó atrai operadores turísticos na BTL 2018

Rota das Vinhas do Pó atrai operadores turísticos na BTL 2018 D.R.

A Rota das Vinhas do Pó reuniu com cerca de duas dezenas de operadores de turismo nacionais e internacionais, durante a Bolsa de Turismo de Lisboa, apresentando experiências programadas, com o objectivo de comercialização e venda directa.


Treze destas reuniões, que contaram com a consultadoria e acompanhamento da empresa ON Innovation, “foram realizadas no âmbito da participação no Programa Hosted Buyers - Programa de Compradores Internacionais, dinamizado em parceria com o Turismo de Portugal e a TAP Portugal, para promoção externa do Destino Portugal junto destes compradores estrangeiros que se deslocam ao certame a convite da organização.”


A apresentação da Rota das Vinhas do Pó captou especial interesse comercial de operadores dos Estados Unidos, Canadá, Noruega, Reino Unido, França, Holanda, Polónia e Uruguai.

Esta acção de promoção incluiu informação sobre a oferta enoturística disponível para 2018, com destaque para a rota a operar na região vinhateira de Fernando Pó - Rota das Vinhas do Pó.

Foi associado um kit de imprensa com uma caixa-oferta específica para este público, incluindo vinhos das adegas envolvidas no projecto, Fogaça de Palmela, caneta, mapa da região e informação turística (destaque para os circuitos pedestres disponíveis no concelho de Palmela - “Jardins de Vinhas”, “Pé ante Pé” e “Encostas de Palmela”).


No total, foram estabelecidos quase 400 contactos com agentes internacionais e nacionais e a expectativa de retorno é elevada, na medida em que os operadores contactados demonstraram elevado interesse. Acredita-se que o trabalho que tem vindo a ser desenvolvido pelo Município de Palmela, a Rota de Vinhos da Península de Setúbal, as adegas Filipe Palhoça Vinhos, Fernão Pó e Ermelinda Freitas é um activo turístico relevante para diversos nichos de mercado, “numa aposta clara nos programas feitos à medida do cliente, privilegiando a qualidade, a acessibilidade e a diferenciação do produto.”


A par desta acção, foram realizadas provas de vinhos da Península de Setúbal e degustação de produtos regionais nos pavilhões do Turismo de Portugal, da Associação das Rotas de Vinhos de Portugal e da Entidade Regional de Turismo da Região de Lisboa. Foi, ainda, realizada uma prova de vinhos e produtos tradicionais para registar a apresentação pública do Adventure Map – primeiro mapa de percursos do Parque Natural da Arrábida, numa cooperação intermunicipal entre Palmela, Sesimbra e Setúbal.

Nenhuma evento encontrado.
captcha