Infame do 1908 Lisboa Hotel pensa nos dias frios com nova carta

Infame do 1908 Lisboa Hotel pensa nos dias frios com nova carta

Infame do 1908 Lisboa Hotel pensa nos dias frios com nova carta D.R.

O Infame, o restaurante do 1908 Lisboa Hotel, pensando nos dias frios que se aproximam, fez uma mudança na sua carta, adicionando pratos quentes inspirados na cozinha do Japão, Vietnam e Coreia.

O restaurante do 1908 Lisboa Hotel, ao Largo do Intendente, em Lisboa, criou uma nova carta onde pontuam os pratos adequados aos dias mais frios.
O Infame, um espaço caracterizado por apresentar à mesa “uma fusão de culturas”, fez grandes alterações na carta, agora mais extensa, mantendo, no entanto, algumas das suas opções “vencedoras”.


Segundo o chef Nuno Bandeira de Lima, autor destas criações, as principais influências que chegam à nova carta do Infame, desta vez, vêm do Japão, Coreia e Vietnam.
São inspirações por demais evidentes não só nos ingredientes e temperos, mas também no processo de confecção dos pratos.


Nas entradas destacam-se, entre outras iguarias, as “She sells, Sea shells” com amêijoas, miso, sake e alga wakame e o “I-Bobun”, um caldo miso, tofu, ovo, noodles, shimeji e pak choi, um prato vegetariano, servido bem quente.

Na secção dedicada ao mar, o “Guelra e Paz”, uma grande novidade, pois trata-se de um prato de bacalhau com choquinhos, camarão, batata, cebolinha e pimentos.


Os pratos de carne, que estão em evidência pela sua grande variedade, distingue o chef: as “Hot Cheeks”, ou seja bochechas de vitela com gratin de cherovia, chalotas, ceboleto grelhado, agrião e crocante de salsify -; “Ham Solo”, um lombinho de porco, pezinhos, migas de enchidos e pipoca de porco; “Bunny I’m Home” coelho recheado de castanhas, puré de ervilhas e menta, shimeji e crumble de cogumelos; e para partilhar o chef sugere “Cruella de Veal”, uma costeleta com 800 gramas, dry-aged, gema confitada, aioli e legumes assados.

Também nas sobremesas impera o exotismo, e podem ser partilhadas para que não fique nenhuma de fora.
O “Copo Almirante” é glúten free e chega à mesa num copo com tapioca de frutos vermelhos, espuma de coco e lima e granola, e as “Babás” chegam com calda de whiskey, diospiros fumados com citrinos, creme de pasteleiro com nata e laranja e amêndoas tostada são, sem dúvida, “duas explosões de sabor impossíveis de ‘saltar’”.


Além das novidades na ementa, o Infame passará a servir dois pratos tipicamente Portugueses, disponíveis no menu de almoço, em dias fixos da semana.
A quinta-feira é agora o dia do Bacalhau à Brás e à sexta passa também a estar disponível o clássico Cozido à Portuguesa.

Os menus de almoço custam 12,50€ e incluem o prato do dia - à quinta-feira o bacalhau à brás e à sexta-feira o cozido à portuguesa – uma bebida, sobremesa e café. O menu de almoço não está disponível aos fins-de-semana e, como de costume, quem não quiser o prato do dia pode sempre pedir “à la carte”.


O “Brunch Infame” também apresenta novidades neste início de Outono. Por 2,50€ pode agora acrescentar a qualquer uma das suas versões, “original” ou “veggie” , uma Mimosa (sumo de laranja e espumante bruto) ou um Kir Royal (creme de cassis com espumante bruto), dois cocktails ideais para harmonizar com o brunch, desenvolvidos pelos bartenders do 1908, e que vão certamente agitar as tardes de domingo no Intendente.

terça, 14 Nov. 2017 10:00 – domingo, 31 Dez. 2017 17:00
Campo Grande 245, Lisboa, Lisboa

terça, 14 Nov. 2017 10:00 – domingo, 17 Dez. 2017 18:00
Campo Grande 245, Lisboa, Lisboa

captcha