Ficção da RTP presente no Festival de Televisão da Europa

Ficção da RTP presente no Festival de Televisão da Europa"Pai à Força" é a série de ficção portuguesa que está nomeada na Categoria de Série dramática TV para Produção Internacional e Produção Europeia da 51ª edição do festival de Televisão de Monte Carlo que terá lugar de 6 a 10 de Junho.

Com a nomeação da série "Pai à Força" será o sexto ano consecutivo em que a ficção da RTP estará presente no mais importante Festival de Televisão da Europa.

De salientar que esta nomeação abrange também Pêpê Rapazote e Sinde Filipe para melhor actor e Isabel Abreu e Cláudia Oliveira para melhor actriz.

Fazendo um historial destas nomeações  lembremos que em 2006, com a nomeação de "Bocage"  Portugal em geral e a RTP em particular passaram a ser reconhecidos internacionalmente na área da ficção televisiva.
 
Em 2007 foram dois os projectos a concurso, "Contos de Natal" com realização de João Botelho e a série " Nome de Código: Sintra" realizada por Jorge Paixão da Costa.
"O Dia do Regicídio" de Fernando Vendrell foi o projecto nomeado em 2008. Em 2009 foi a vez de "Liberdade 21" ser nomeada na mesma categoria que as séries "Boston legal" e "Lost" e ainda 2 projectos de humor "Telerural" e "Contemporâneos" nomeados noutra categoria.

Em 2010 “Cidade Despida” a série protagonizada por Catarina Furtado fica nomeada nas categorias de Produção Internacional e de Produção Europeia.
 
Estas nomeações para as séries abrangiam em muitas delas os seus actores principais como Miguel Guilherme, Fernando Luís, Carla Bolito e Maria João Luís em 2006; Beatriz Batarda, Adriano Luz, Margarida Marinho em 2007; Pedro Wallenstein, Ricardo Aibeo, Suzana Borges , Diana Costa e Silva em 2008; António Capelo, Ivo Canelas, Ana Nave, Rita Lello, Bruno Nogueira, Maria Rueff e Nuno Lopes em 2009 : e Pedro Laginha e Albano Jerónimo, Catarina Furtado e Cristina Carvalhal em 2010.

Mídia

NULL
Subscreva a newsletter oturismo.pt
captcha 

Publicidade

Actualidade