Miguel Araújo montou um "arraial" na Festas do Mar

Miguel Araújo montou um "arraial" na Festas do Mar

Miguel Araújo montou um "arraial" na Festas do Mar Rui Jácome

No quarto dia de Festas do Mar Inês Heredia e Miguel Araújo proporcionaram dois excelentes concertos recolhendo fortes aplausos do público.

Inês Herédia proporcionou um dos melhores inícios de concerto da edição deste ano das Festas do Mar.

Com boa afinação e uma voz muito limpa a cantora optou por uma descontraída postura em palco, algo que facilitou a comunicação com um público que foi chegando e compondo a baia cascalense ao longo do concerto. Entre os temas interpretados destacam-se "Help me to pray", um tema composto há dois anos aquando de um cancro nas cordas vocais, e "auto-retrato", um tema em que a cantora fala dos próprios sentimentos.

Destaque ainda para o dueto com Diogo Piçarra, interpretando "Fui conversar à nossa rua" com o vencedor da edição do talent-show Ídolos em que ambos participaram.

Miguel Araújo cumpriu as expectativas e montou um verdadeiro arraial minhoto entre as gentes de Cascais.

Num concerto quase todo cantado em português, foram poucos os temas que não colocaram o público a dançar e cantar, sendo que em alguns temas o público dançava como se fosse folclore de braços no ar como se de um "Vira" se tratasse. O cantor foi ainda alvo ao longo de todo o concerto de vários piropos lançados pelo público do sexo feminino.

Para além de temas que integram o seu disco, Miguel Araújo cantou temas de sua autoria, mas que habitualmente são interpretados por Ana Moura e António Zambujo.

Do reportório de Ana Moura cantou "E tu gostavas de mim", uma letra escrita por si a pedido da fadista, apresentando-a em Cascais com um arranjo musical novo e totalmente oposto ao que por norma é apresentado por Ana Moura.

"Romaria das Festas de Santa Eufémia", "Pica do 7" e "Reader´s Digest" foram os temas habitualmente cantados por Zambujo que ontem o público de Cascais ouviu interpretados por Miguel Araújo. E se cada cantor dá o seu cunho pessoal aos temas, Miguel optou por arriscar muito em "Reader´s Digest" tornando este tema quase irreconhecível para quem está habituado a ouvir na voz do cancioneiro alentejano.

Em conversa com o Hardmúsica revelou que "eles por acaso já ouviram e se foram sinceros posso dizer que gostaram, pelo menos foi essa a opinião que me deram".

Sempre muito comunicativo mas de postura "desajeitada" em palco fez ainda uma referência a Bob Dylan interpretando "Like a Rolling Stone", "um tema de 1965 mas que eu aprendi a tocar em 1988, sendo inclusive a primeira música que aprendi a tocar e a minha favorita".

Natural do Porto, várias foram as expressões nortenhas utilizadas pelo artistas quando revelou que há dois anos, "ia dando ali um tralho e partindo os queixos", olhando para o seu lado esquerdo do palco.

Da sua discografia apresentou dois dos seus maiores êxitos como são "Marido das Outras" e "Balada Astral". No primeiro o público tinha a letra bem decorada e cantou o tema na integra, no segundo e na "surpresa" reservada para o público, o cantor chamou ao palco "uma artista que apenas conhecia da televisão mas que conheci hoje pessoalmente e que compõe canções muito boas. Ah e há pouco deu um grande concerto aqui", apresentando assim Inês Herédia. Um dueto em que as vozes se complementaram proporcionando um momento musical de elevada qualidade.

Regressado a Cascais passados dois anos, esteve presente em 2012 com os Azeitonas, Miguel Araújo referiu no final do concerto que "em dois anos ganhei mais calo, fiz muita estrada e fiquei surpreso por ver as pessoas a cantarem temas que ainda não tinham cantado noutros locais".

As Festas do Mar continuam hoje com a actuação de Nicole Eitner e The Citizens na primeira parte e com os brasileiros Natiruts a partir das 22:00.

terça, 14 Nov. 2017 10:00 – domingo, 31 Dez. 2017 17:00
Campo Grande 245, Lisboa, Lisboa

terça, 14 Nov. 2017 10:00 – domingo, 17 Dez. 2017 18:00
Campo Grande 245, Lisboa, Lisboa

captcha