Festas do Mar: Mikkel Solnado levou público ao rubro com "Get Up"

Festas do Mar: Mikkel Solnado levou público ao rubro com "Get Up"

Festas do Mar: Mikkel Solnado levou público ao rubro com "Get Up" Marta Mendonça

As Festas do Mar receberam Mikkel Solnado que proporcionou um concerto cheio de ritmo e maioritariamente cantado em inglês, e que teve como ponto alto a interpretação do tema "Get Up". A primeira parte esteve a cargo dos Tape Junk.


Os Tape Junk abriram as actuações do dia com uma prestação totalmente em inglês para um reduzido e disperso público. Interagiram pouco com a assistência que lhes proporcionou poucos aplausos. Uma actuação afinada, de sonoridade rock e de postura descontraída em palco.

Mikkel Solnado levou ao rubro o mar de gente que encheu a Baia de Cascais com uma energia a alegria contangiantes.

Começou o concerto pela música electrónica e ao quarto tema já tinha o público aos saltos e a cantar um dos seus maiores êxitos "Get Up", sucedido da interpretação de "Live is Live" eternizado pelos Opus.

Depois chamou ao palco "uma grande amiga e uma grande cantora, vocês vão ouvir falar muito dela", referindo-se a Joana Alegre, que esteve o restante concerto como coro de Mikkel Solnado.

O artista prepara-se para lançar um novo disco "em Outubro, e este tema irá fazer parte dele" introduzindo assim "Champions".

Mas apesar do inglês perfeito, Mikkel Solnado mostrou que também canta em português com os temas "E agora" e "Como um Fado".
O primeiro integra a banda sonora da serie da RTP "Água de Mar" e o segundo apresenta uma letra triste, introspectiva e de grande sentimento e que integrou o seu primeiro disco, sendo o único tema desse trabalho cantado em português. Desse seu primeiro trabalho, o público cascalense ouviu e cantou também " A Long Way" e "Imagine".

Para além de Joana, Mikkel decidiu também levar ao palco o peixe "Nemo" aquando do tema "I Wanna Know You","um tema que escrevi a pensar na minha mulher".

Para além de cantor e compositor, Mikkel Solnado é também produtor e irá ser ele "a produzir o meu disco" anunciou Joana Alegre antes de interpretar, a solo, o tema que irá integrar o disco, "Counteract". Antes do encore e ja com Mikkel de regresso ao palco houve ainda tempo para "a musica que me lançou", "We Can Do Anything", como disse o artista.

Mas o público queria ouvir mais do artista que disse "estar muito feliz por cantar no sitio onde cresci e na praia onde tive as minhas primeiras aventuras, de todo o género".
Interpretou "Mother" dedicado a sua mãe que faleceu há dois anos e encerrou o espectáculo com "Get Up" perante uma multidão em êxtase.


As Festas do Mar continuam hoje com as actuações de Inês Herédia e Miguel Araújo.

terça, 14 Nov. 2017 10:00 – domingo, 31 Dez. 2017 17:00
Campo Grande 245, Lisboa, Lisboa

terça, 14 Nov. 2017 10:00 – domingo, 17 Dez. 2017 18:00
Campo Grande 245, Lisboa, Lisboa

captcha