“48 horas Automóveis Antigos ao Alentejo” tem etapa no concelho de Reguengos de Monsaraz

90 viaturas antigas vão passar por Monsaraz e pelo Centro Oleiro de S. Pedro do Corval

 

Reguengos de Monsaraz vai receber no dia 11 de Novembro a etapa final da 23ª edição das “48 horas Automóveis Antigos ao Alentejo”.

Esta prova de regularidade histórica organizada pelo Clube Português de Automóveis Antigos com o apoio do Município de Reguengos de Monsaraz está integrada no calendário da Federação de Automobilismo e Karting e terá 90 veículos, destacando-se os mais antigos, nomeadamente um Cadillac e um Ford A Roadster fabricados em 1931.


O percurso escolhido nesta edição vai passar pelos concelhos de Reguengos de Monsaraz, Beja, Moura, Vidigueira, Mértola e Castro Verde.

Os participantes podem optar por um percurso turístico em que é privilegiada a parte social e um desportivo em que terão de executar 12 provas especiais de classificação cumprindo o regulamento da prova, como por exemplo a rampa de S. Pedro das Cabeças, conhecida como o local onde terá decorrido a Batalha de Ourique.


A 23ª edição das 48 horas Automóveis Antigos ao Alentejo tem duas etapas no sábado, dia 10 de Novembro.
A primeira tem partida de Beja e paragem em Mértola, prosseguindo para a segunda etapa com passagens por S. Marcos da Ataboeira, S. Pedro das Cabeças, Castro Verde e Entradas, terminando em Beja.


No dia 11 de Novembro, os participantes partem de Beja para a última etapa, passam por Moura e chegam às 11:00 a Monsaraz para conhecerem a vila medieval. Segue-se uma visita ao Centro Oleiro de S. Pedro do Corval, considerado o maior do país com 22 olarias em actividade, e pelas 12:30 está prevista a chegada a Reguengos de Monsaraz onde decorrerá o almoço final e a entrega de prémios.

Subscreva a newsletter oturismo.pt
captcha 

Publicidade

 

Atualidade