Centro de Artes de Caldas da Rainha bate recorde de visitantes em 2017

Museus de Caldas da Rainha registaram 9329 entradas no ano passado, com predominância de franceses, ingleses e espanhóis.

 

O Centro de Artes das Caldas da Rainha bateu o recorde de visitantes em 2017 ao registar um total de 9 329 entradas. São mais 5 814 pessoas do que as 3 515 verificadas em 2016.
 Se a estes números acrescentarmos os valores de 2015 (5 092), em três anos o Centro de Artes foi visitado por 17 936 pessoas.


Os visitantes estrangeiros – franceses, ingleses e espanhóis - são, segundo o Centro de Artes, os mais interessados pelas obras e exposições patentes nos quatro espaços (museu António Duarte, museu Barata Feyo, museu Leopoldo de Almeida, museu João Fragoso e Espaço da Concas).


A perspectiva para 2018 é de um aumento, “no que ao número de visitantes diz respeito, até pelas inúmeras e diversificadas iniciativas que estão a ser preparadas.”


Este aumento do número de visitantes reflecte a aposta da Câmara Municipal das Caldas da Rainha no desenvolvimento das Artes e da Cultura. Além dos Museus Municipais, a autarquia tem criado ao longo dos últimos anos espaços que permitem a artistas e jovens estudantes concretizarem as suas ideias.

Subscreva a newsletter oturismo.pt
captcha 

Publicidade

Actualidade