Centro de Artes de Caldas da Rainha bate recorde de visitantes em 2017

Centro de Artes de Caldas da Rainha bate recorde de visitantes em 2017

Centro de Artes de Caldas da Rainha bate recorde de visitantes em 2017 D.R.

Museus de Caldas da Rainha registaram 9329 entradas no ano passado, com predominância de franceses, ingleses e espanhóis.

O Centro de Artes das Caldas da Rainha bateu o recorde de visitantes em 2017 ao registar um total de 9 329 entradas. São mais 5 814 pessoas do que as 3 515 verificadas em 2016.
Se a estes números acrescentarmos os valores de 2015 (5 092), em três anos o Centro de Artes foi visitado por 17 936 pessoas.


Os visitantes estrangeiros – franceses, ingleses e espanhóis - são, segundo o Centro de Artes, os mais interessados pelas obras e exposições patentes nos quatro espaços (museu António Duarte, museu Barata Feyo, museu Leopoldo de Almeida, museu João Fragoso e Espaço da Concas).


A perspectiva para 2018 é de um aumento, “no que ao número de visitantes diz respeito, até pelas inúmeras e diversificadas iniciativas que estão a ser preparadas.”


Este aumento do número de visitantes reflecte a aposta da Câmara Municipal das Caldas da Rainha no desenvolvimento das Artes e da Cultura. Além dos Museus Municipais, a autarquia tem criado ao longo dos últimos anos espaços que permitem a artistas e jovens estudantes concretizarem as suas ideias.

captcha