Duas exposições Sete Sóis Sete Luas em Ponte de Sor e em Montargil

Duas exposições Sete Sóis Sete Luas em Ponte de Sor e em Montargil

Duas exposições Sete Sóis Sete Luas em Ponte de Sor e em Montargil D.R.

Sábado 07 de Abril serão duas as inaugurações Sete Sóis Sete Luas.


A exposição fotográfica “De Muscat et cortiça” depois de ter estado no Centrum Sete Sóis Sete Luas de Ponte de Sor passa para o Centrum de Montargil onde vai ficar patente até 28 de Maio

Ainda uma possibilidade para visitar esta interessante exposição que mostra dois aspectos diferentes, mas ambos importantes, da produção vinícola. De um lado a vindima do Moscatel em Frontignan, na França, do outro a recolha da cortiça nos montados de sobro no concelho de Ponte de Sor.
Este material nobre sem o qual os melhores vinhos não seriam mais que simples bebidas. O projecto pretende valorizar e dar a conhecer os rituais delicados e únicos que bem representam a incrível diversidade cultural do sul da Europa e do Mediterrâneo. Uma história fotográfica que parte da vindima e chega à cortiça que valoriza a maior parte dos melhores vinhos do mundo.


No Centrum Sete Sóis Sete Luas de Ponte de Sor abre as portas a exposição “O Quotidiano cabo-verdiano” do Jairson Morais Lima que vai ficar patente até 30 de Abril.
Jairson Lima chega de Ribeira Grande levando consigo os seus traços melancólicos. Experimenta desde as técnicas secas às húmidas com vários temas, entre eles: paisagismo, natureza morta… O artista pinta, no intuito de transformar vivências e emoções através das cores com uma identidade própria, levando a um jogo de tons que uma vida pode ter, fazendo a ligação entre a própria vivência do artista onde inspira na amplitude dos movimentos/velocidades das cores para transmitir uma identidade própria, uma linguagem artística e cultural permitindo uma melhor compreensão de arte na contemporaneidade. Através dos seus quadros tenta transmitir sentimentos às pessoas, de convidá-las a entrar em um estado interior de felicidade.

Duas exposições muitos diferentes e duas oportunidades de emocionar-se através da arte.

“De Muscat et cortiça” de Alain Marquina (França) e Alessandro Puccinelli (Itália): inauguração às 15:00 no Centrum Sete Sóis Sete Luas de Montargil. Patente até 28 de Maio

“O Quotidiano cabo-verdiano” de Jairson Morais Lima (Cabo Verde): inauguração às 17:00 no Centrum Sete Sóis Sete Luas de Ponte de Sor. Patente até 30 de Abril.

Laboratório de criatividade com Jairson Morais Lima nos dias 03, 04 e 05 de Abril.

captcha