Festival Queer, na sua 22ª edição, abre nesta sexta 14 com o filme “Diamantino”

Festival Queer, na sua 22ª edição, abre nesta sexta 14 com o filme “Diamantino”

Festival Queer, na sua 22ª edição, abre nesta sexta 14 com o filme “Diamantino” D.R.

A 22ª edição do Queer Lisboa – Festival Internacional de Cinema Queer, decorrerá de 14 a 22 de Setembro de 14 a 22 de Setembro, no Cinema São Jorge e na Cinemateca Portuguesa, em Lisboa.

Um dos grandes destaques deste ano é um programa relacionado com a temática do VIH/Sida, de seu nome “O vírus-cinema: cinema queer e VIH/Sida”, que inclui um ciclo de cinema, uma exposição e o lançamento de um livro de ensaios.Para o festival foram vistos mais de 1000 filmes.


O Queer Lisboa inaugura a sua 22.ª edição nesta sexta-feira com Diamantino (2018), de Gabriel Abrantes e Daniel Schmidt, vencedor do Grande Prémio da 57.ª Semana da Crítica da última edição do Festival de Cannes.

O encerramento do festival é feito com o documentário Bixa Travesty (2018), realizado por Claudia Priscilla e Kiko Goifman e vencedor do prémio de Melhor Documentário do Teddy Award da Berlinale – Festival Internacional de Cinema de Berlim, onde teve a sua estreia mundial em Fevereiro.


A competição é composta por várias categorias, onde se destacam a Competição de Longas-Metragens, a Competição de Documentários ou a Competição de Curtas-Metragens, entre outras.


Dos 32 países presentes, os EUA são o mais representado, com 27 filmes, presentes sobretudo no programa “O vírus-cinema: cinema queer e VIH/sida”. Segue-se o Brasil, com uma expressiva presença de 15 filmes; a França com 14 e o Reino Unido com 10 filmes. Um total de 8 filmes compõem a presença portuguesa no Festival.

Nenhuma evento encontrado.
captcha