"Diamantino" de Gabriel Abrantes e Daniel Schmidt estreia na Semana da Crítica, em Cannes

"Diamantino", a primeira longa-metragem realizada por Gabriel Abrantes e Daniel Schmidt, encontra-se em competição na 57.ª Semana da Crítica, do Festival de Cannes, com a estreia mundial marcada para o dia 11 de Maio.


O júri da Semana da Crítica deste ano é composto pelos actores Chloe Sevigny e Nahuel Pérez Biscayart e presidido pelo cineasta norueguês Joachim Trier.

Neste filme seguimos a história de Diamantino, interpretado pelo actor Carloto Cotta, uma super-estrela do futebol mundial, cuja carreira cai em desgraça.
À procura de um novo objectivo para a sua vida, Diamantino entra numa odisseia delirante, que envolve neofascismo, crise dos refugiados, modificação genética e a busca pela origem da genialidade.

A Carloto Cotta juntam-se os actores Cleo Tavares, Anabela Moreira, Margarida Moreira, Carla Maciel, Filipe Vargas, Manuela Moura Guedes, Joana Barrios e Maria Leite.


"Queríamos fazer um filme surpreendente e engraçado sobre uma série de questões contemporâneas. (...) Ancorámos essa cacofonia frenética no género clássico de comédia romântica, com uma personagem principal que amamos e cuidamos. Também queríamos que esta personagem fosse um ícone universal inquestionável - e foi aí que tivemos a ideia de fazer um filme sobre uma superestrela de futebol portuguesa.", afirma o realizador Gabriel Abrantes sobre esta sua primeira longa-metragem, co-realizada pelo norte-americano Daniel Schmidt.

"Graças à interpretação do Carloto, à medida que o Diamantino faz o seu percurso, ele transforma-se e adquire uma qualidade quase mitológica, algo tão importante nos dias de hoje: ele enfrenta o caos do século XXI com uma transparência radicalmente simples e um amor transbordante.", continua o realizador português.


O filme vai ter estreia comercial em Portugal, numa data a anunciar brevemente.

Subscreva a newsletter oturismo.pt
captcha 

Publicidade

Actualidade