Festa do Cinema de novo nos cinemas nacionais

De 16 a 18 de Maio, a Festa do Cinema regressa às salas de cinema nacionais, com bilhetes a dois euros e meio.

 

Depois do sucesso da primeira edição, em 2015, a organização espera chegar aos 250 mil espectadores, abrindo a salas de cinema  ao maior número possivel de espctadores.

A apresentação oficial da Festa do Cinema 2016 realizou-se pelas 19:30, de 09 de Maio, nos Cinemas UCI El Corte Inglês, com a presença de Nuno Sousa da APEC - Associação Portuguesa de Empresas Cinematográficas, Paulo Santos da FEVIP - Associação de Defesa das Obras Audiovisuais e Filomena Serras Pereira, Presidente do ICA - Instituto do Cinema e do Audiovisual.


Pela primeira vez, a Festa do Cinema estabeleceu uma parceria com a Academia Portuguesa de Cinema, que vai permitir que o filme vencedor dos Prémios SOPHIA 2016, entregue esta sexta-feira no CCB – Centro Cultural de Belém, seja exibido em salas seleccionadas, entre os dias 16 e 18 de Maio. "Amor Impossível", de António-Pedro Vasconcelos, "Montanha", de João Salaviza, "Yvone Kane", de Margarida Cardoso e "As Mil e Uma Noites: Volume 2", de Miguel Gomes são os quatro filmes nomeados.


O evento conta igualmente com uma parceria com os Globos de Ouro da SIC, para a categoria de Cinema, em que o filme português vencedor na categoria Cinema - "Amor Impossível", de António-Pedro Vasconcelo, "As Mil e Uma Noites: Volume 2", de Miguel Gomes, "Montanha", de João Salaviza ou "Se eu Fosse Ladrão ... Roubava" de Paulo Rocha, revelado no domingo, 15 de Maio, fará também parte dos filmes em exibição durante a Festa do Cinema.


A IGAC - Inspeção-geral das Atividades Culturais, também se associa à Festa do Cinema com uma nova campanha anti-pirataria. 

Filomena Serras Pereira, Presidente do ICA - Instituto do Cinema e do Audiovisual, refere que "a primeira edição da Festa do Cinema, realizada em maio do ano transato, constituiu um êxito assinalável com mais de 200 mil espetadores, em três dias, nas 500 salas de cinema do País. Acreditamos que a Festa em 2015 contribuiu para a «reconciliação» do público com o cinema, tendo-se invertido a tendência dos últimos anos de diminuição de espetadores em sala. A Festa do Cinema deste ano pretende, uma vez mais, não só incentivar o público a ver cinema, como convidá-lo a frequentar as salas, o único local onde podem desfrutar da verdadeira essência e glamour das obras cinematográficas."

Nuno Sousa, da Organização Festa do Cinema, refere "Estamos entusiasmados por estarmos a trabalhar já na segunda edição de um evento que não só promove como reforça o privilégio de assistir a filmes em salas de cinema, que tão bem se equiparam nos últimos anos para garantirem toda a qualidade, grandiosidade e emoção do cinema em grande ecrã. Em 2015 houve um crescimento de 20% no sector que este evento uniu, focando todos os players num objectivo e estratégia comuns.

 Paulo Santos, da FEVIP,nafirmou "é um orgulho apoiar a segunda edição desta festa que, para nós, representa um momento especial de partilha de obras cinematográficas com um público que gosta de cultura e que, de outra forma, poderá não ter as mesmas possibilidades de acesso à magia das salas de cinema".


A APEC - Associação Portuguesa de Empresas Cinematográficas, com o apoio do ICA - Instituto do Cinema e do Audiovisual, e dos distribuidores de conteúdos audiovisuais, representados pela FEVIP - Associação de Defesa das Obras Audiovisuais, GEDIPE - Associação para a Gestão de Direitos de Autor, Produtores e Editores, e da IGAC - Inspecção-geral das Actividades Culturais, promovem, pelo segundo ano consecutivo, a Festa do Cinema em cerca de 500 salas, com mais de 94 mil lugares, durante três dias.


No valor dos bilhetes da Festa do Cinema não estão incluídos lugares VIP, sessões de filmes exibidos em 3D, sessões IMAX, sessões 4DX e eventos especiais.

Subscreva a newsletter oturismo.pt
captcha 

Publicidade

Actualidade