O FESTin é "um festival que defende e divulga o Cinema de Língua Portuguesa"

A sétima edição do FESTin, decorrerá no Cinema São Jorge de hoje até dia 11 de Maio. O Jornal Hardmusica falou com a directora que afirmou  ser "um festival que defende e divulga o Cinema de Língua Portuguesa", valorizando "o que é nosso", onde "os filmes são falados na nossa língua".

A edição deste ano do Festival de Cinema Itinerante da Língua Portuguesa, FESTin, celebra os 20 anos da Comunidade dos Países de Língua oficial Portuguesa, CPLP, com 34 filmes. Serão exibidos longas metragens, curtas metragens e documentários.

Das várias centenas de filmes que a padrão Actual, entidade que produz o FESTin, recebeu, escolheram os 34 da seguinte forma: São "cinco pessoas, damos notas e o filme mais pontuado é seleccionado".

A sessão de abertura, hoje pelas 21:00, tema a exibição do filme "Cartas de Amor são Ridículas", da realizadora Alvarina Souza e Silva que irá apresentar o filme.

Para Léa Teixeira, directora do festival, o critério de escolha do filme foi a existência de "uma relação com os demais países da CPLP", pelo que "Cartas de amor são ridículas" "caiu como uma seda". Justificando com a seguinte questão: "Quem não conhece Fernando Pessoa", por esse motivo "um filme inspirado nele é mais do que adequado para abrir o FESTin", rematou.

Em 2015 o festival recebeu "sete mil pessoas", mas "este ano esperamos mais", referiu Léa Teixeira.

Uma vez que o maior volume de patrocínios veio do Brasil nas edições anteriores, e uma vez que devido à crise que se vive por lá, como conseguiram os patrocínios? "Não foi fácil.Temos boas parcerias e tivemos apoio financeiro da Câmara de Lisboa", explicou a directora.

Em paralelo com a exibição dos filmes irá decorrer "uma oficina", onde se irá debater "Cinema, educação e comunicação comunitária", assim como duas mesas redondas com os temas: "O cinema como forma de fomentar o turismo" e "Cinema, educação e comunicação comunitária".

O valor do bilhete é de €3, mas se comprarem 10 bilhetes o valor dos mesmos será de €15. Ou seja terá um desconto de 50% na compra de dez bilhetes.

Para Léa Teixeira a diferença entre FESTin "é um festival que defende e divulga o Cinema de Língua Portuguesa, valoriza o que é nosso, mostra que os filmes falados na nossa língua também são bons e têm qualidade".

A programação, assim como os horários poderão ser consultados na página oficial do festival.

Subscreva a newsletter oturismo.pt
captcha 

Publicidade

Actualidade