"Eclipse em Portugal": o humor negro entre o bem e o mal

"Eclipse em Portugal" é o novo filme de Alexandre Cerbain Valente e promete arrancar muitas gargalhadas aos espectadores. Conta no elenco com Pedro Fernandes, Fernando Fernandes, Sofia Ribeiro, Fernanda Serrana, Ricardo Carriço, entre outros.

 

Por amor, Tó-Quim interpretado por Pedro Fernandes dedica-se a Satanás e mata os seus próprios pais à facada, durante o Eclipse. Anita, interpretada por Sofia Ribeiro, que é sua cúmplice e namorada, abandona-o em pleno tribunal.

Já na prisão, Tó-Quim abraça o caminho do Senhor com a ajuda do padre, interpretado por Ricardo Carriço, de tal maneira, que é posto em liberdade antes de terminar o tempo de prisão.

Anita que é filha do padre e de Maria da Fé, interpretada por Fernanda Serrana, é uma rapariga diabólica, seguidora de Satanás que finge aos olhos do povo ser uma católica, talvez influenciada pela mãe que indica que Anita é filha dela e do Espirito Santo.

Anita mantém um caso com Alex, interpretado por Fernando Fernandes que segue também as ideias da namorada e ambos acabam mortos tal como todos os personagens do filme excepto um pastor, que é interpretado por Pedro Lima.

Este filme é toda uma história surreal que fala da diferença entre o bem e o mal mas onde nada faz sentido, sendo o disparate o fio condutor da história que é contada com bastante humor.

O mais curioso de todo o filme é que é baseado numa história verídica, de um homicídio efectuado por um rapaz aos seus pais devido a um ritual satânico, sendo que Alexandre Valente dá uma volta total ao texto, quase que brincando com coisas sérias, fazendo uso de um humor negro.

Alexadre Valente conseguiu reunir um elenco de luxo para este filme com nomes como Pedro Fernandes, Fernanda Serrano, Ricardo Carriço, Fernando Fernandes, Sofia Ribeiro, António Raminhos, Toy, Sandra Coias, entre muitos outros.

O produtor e realizador Alexandre Valente referiu que "o trabalho desta equipa toda foi fantástico, é um filme como nunca houve em Portugal, é o primeiro deste género, algo diferente e que eu espero sinceramente que chegue ao público".

Pedro Fernandes revelou que "gostei muito da experiencia" sendo que "o maior desafio foi controlar a expressividade, visto que eu sou uma pessoa muito expressiva e o personagem obriga a que haja um grande controlo principalmente das expressões faciais. Se ao verem o filme não me identificarem como o Pedro Fernandes do "5 para a meia-noite" então já valeu a pena".

Pedro Lima interpreta "um pastor que é quase como um mensageiro de Deus na terra, num filme que é quase uma luta entre o bem e o mal e obviamente ele pertence ao bem e é por isso que luta".

Sofia Ribeiro, a maquiavélica Anita revelou que "a preparação que efectuei foi estudar bem o guião e ter algum conhecimento do caso em que é baseado o filme" acrescentando que este é um "filme sem sentido mas com muito humor, que é algo que nesta altura tão cinzenta para o pais também faz falta e penso que as pessoas devem ir ao cinema ver e passarem um bom bocado".

Fernanda Serrano afirma que "não foi preciso muito para o Alexandre me convencer a participar no filme pois com este elenco e com uma história que tem uma criatividade única eram motivos mais que suficientes para participar neste projecto".

Já Ricardo Carriço destaca que o seu personagem para além de padre é "também um homem e como qualquer homem tem as suas necessidades mas é um bom homem e que tenta ajudar todos os que estão à sua volta".


Fernando Fernandes é "Alex que é um personagem à minha medida e que vai estar ali no meio da historia entre Anita e o Tó-Quim" acrescentando que "este é um filme muito divertido e com uma equipa com quem foi um prazer trabalhar".

"Eclipse em Portugal" tem estreia marcada para as salas de cinema portuguesas a 20 de Fevereiro.

Subscreva a newsletter oturismo.pt
captcha 

Publicidade

Actualidade