Festas do Mar: Expensive Soul proporcionaram a maior festa do ano

domingo, 28 agosto 2016 12:15 Escrito por 

A penúltima noite das Festas do Mar, em Cascais, com os Expensive Soul, foi ate hoje a melhor de todas. A Baía veio abaixo com os sons da banda nortenha.

A banda de Leça da Palmeira recebeu alguns assobios por já passarem das 22:00 e ainda não estarem a tocar, mas no final do concerto os milhares que assistiram agradeceram-lhes como se não tivesse exigido nenhum atraso.

Foram cerca de duas horas com muitíssima energia e com uma qualidade de espectáculo extraordinária, onde o público foi também um dos elementos da banda.

Demo classificou as Festas do Mar, como "o Melhor Festival de Música". Repetiu isso ao longo de todo o concerto, admirado com a enchente e qualidade do público que tinham pela frente.

Até ontem, tinha sido o concerto de Xutos e Pontapés o que mais qualidade teve. Mas embora a quantidade de público tenha sido inferior, os meninos de 17 anos ultrapassaram, e muito, os Senhores de 37.

New Max com o seu timbre único e Demo com energia para dar e vender, formam a banda de Leça da Palmeira que encanta milhares desde 1999.

As coreografias feitas pelo grupo de metais, deram uma mais valia ao espectáculo. Não podemos deixar de referir que todos, sem excepção, foram muito bons.

Demo correu pelo palco, saltou para próximo do público, tirou selfies com os fans, deu energia ao concerto e até chamou uma fotografa para que pudesse registar "este momento do caralho". Ou seja os milhares que ocupavam a Baía e a alegria com que assistiam ao espectáculo.

No último tema "Eu não sei", Demo fez a "casa" vir abaixo. Quando estava a chegar a altura do refrão, pedia à banda para voltar atrás e fazer com que o público cantasse um pouco mais. Quando realmente chegou o refrão, aquela massa humana "explodiu" de emoção.